futebol de praia 2

 Amigos

 começo este novo tópico esclarecendo detalhes do anterior, a Liga da Urca, na sua fundação (1956) foi após um breve torneio entre times locais forma- dos na hora. os campeonatos foram disputados de 1957 a 59, com o Guaíba sendo tricampeão.

Fundação da Federação Carioca de Esportes de Praia.

No início de 1960, com o êxito do Torneio Inter-praias, os presidentes das Ligas de Copacabana (representado por Eurico Lyra Filho), Urca ( Leoni Nascimento) e Leblon ( Theodoro Sodré Filho, vice-presidente) fizeram várias reuniões na casa de José Antonio Flores da Cunha Neto, para fundar a Federação Carioca de Esportes de Praia. não me recordo da data exata, mas creio que foi em junho, pois em 18.06 foi a última rodada da Taça Urca, que encerrou as atividades da Liga do bairro. Foi eleito Presidente Eurico Lyra Filho, para o mandato de dois anos.

Com a filiação e inscrição de 29 clubes, a FCEP realizou o 1o Campeonato, em três fases, na primeira chamada de Eliminatória, os clubes foram dividi-dos em quatro grupos de 7 e 8 equipes para classificar os quatro primeiros de cada para a Fase Semi-Final. Nesta fase, mais quatro grupos com quatro clubes, classificando os dois melhores para o Turno Final, com oito clubes.

Foi um campeonato estafante, pois em cada segmento a disputa, iniciada em 20 de agosto, foi pelo sistema de turno e returno. terminando quase dez me-ses depois no dia 11 de maio de 1961. Os finalistas disputaram mais de 30 jogos.

Na Fase Classificatória, sem grandes surprêsas, os classificados foram:   Grupo A – Lagoa, Dínamo, Ouro Preto e Ipanema/ eliminados, Yankee, Lido e Jatan; Grupo B – Radar, Pracinha, Cruzeiro e Colúmbia (Copacabana)/eli – minados, Nacional, Gatos, Paredão e Samburá; Grupo C – Grêmio, Tatuís, Lá Vai Bola e Maravilha/eliminados, Alvorada, Belford Roxo e Copa Júnior e no  Grupo D – Copaleme, Juventus, Arsenal e Guaíba/ eliminados, Leblon, Copa-cabana e Lage.

As colocações dos grupos na Fase Semifinal, foram estas: Grupo A – Pracinha 8 pontos e Guaíba, 7, sairam: Lá Vai Bola, 5 e Dínamo, 4; Grupo B – Lagoa, 9  e Arsenal 8, sairam: Grêmio (a grande surpresa) 7 e Colúmbia 2: Grupo C – Radar, 9 e Ouo Prêto 8, sairam: Maravilha 7 e  Copacabana 1: Grupo D – Ta-tuís e Juventus, saíram: cruzeiro e Ipanema (não tenho os pontos)

No Torneio Final, entre os oito finalistas, o Ouro Preto, vencedor de muitos campeonatos de Copacabana, após sofrer três goleadas desitiu o turno e lo-go depois a federação. Por ironia os três colocados, Guaíba, Lagoa e Praci- nha se enfrentaram nas rodadas iniciais. O Guaíba, que se classificou com dificuldades nas etapas iniciais, foi o campeão invicto com 26 pontos, 12 vitórias e dois empates, quatro a mais que o Lagoa e oito a mais que o  Pra-cinha, terceiro colocado. 4o Tatuis, 5o Juventus, 6o Radar e 7o Arsenal.

 No  jogo decisivo, na segunda rodada do returno, entre Guaíba e Lagoa, na Urca, o time da casa perdia até os 24 minutos do 2o tempo, mas reagiu e marcou três gols em 11 minutos. Esse jogo faz parte da história do clube. O Guaíba marcou 62 gols ao longo dos 32 jogos, sofrendo 30. O time campeão, dirigido por mim, em fase de transição durante as fases, jogou com Jorge de Castro; Ronald, Oscar Parede Mauro Laviola e Lima (P.Wright); Rony e Tovar ;Álvaro, Horá-cio, Raul Celso (Vicente) e Canarinho. Jorge foi o goleiro menos vasado e Paulo (Lagoa) foi o artilheiro com 24 gols, seguido de Horácio com 23.

Foi disputado um torneio entre os clubes desclassificados, para apurar os que comporiam os treze da 1a Divisão para o ano seguinte, classificaram: Lá Vai Bola, Copaleme, Maravilha, Cruzeiro, Grêmio e Dínamo.

No próximo capitulo, comentaremos oscampeonatos de 1961 a 1963.

Anúncios

julho 3, 2009 at 1:59 am 1 comentário

O futebol de praia de onze

  Amigos, hoje vou contar o que sei do futebol de praia de onze.

Quando  Copacabana começou sua expansão demográfica, já havia “peladas” de futebol na praia no Posto Seis, tanto que em 1931, foi fundado o  Lá Vai Bola, agremiação pioneira da modalidade, extindo na década de 70. Sei que houve um torneio noturno na praia em 1938, pois tive acesso a uma foto do time da Urca, que participou, pertencente  ao Pirica, ponta di time que jogavam os irmãos Tovar. Também recordo que ao volta ao Rio, em 1944, o time da Urca jogando em seu campo (menor) era quase imbatível e eu e os demais meninos disputavam quem seria o “gandula”.

Pois bem, nessa epoca o grande rival do Urca P.C., que tinha Paulo Tovar, idolo do Botafogo, seu irmão Rodrigo, Rubinho, depois campeão pelo Botafogo em 1948, Jaime, pai do Jaime, campeão pelo Flamengo em 65, o Pirica, que era do voleibol do Fluminense e outros bons jogadores. Esse rival era o time do 103 Praia Clube, cujo uniforme era verde, com calções surreais, branco com peixes em verde. Seu capitão e dono era o Carlinhos Niemeyer, irmão do grande arquiteto e depois cineasta com o Canal 100 que passava esportes nos cinemas. No seu time, além dele, tinha o Heleno de Freitas, atacante do Botafogo e seleção nacional, que na praia jogava como médio, o Otávio, também atacante do Botafogo e seleção e outros que não lembro. Vi dois confrontos desses times, no primeiro a Urca ( sempre de camisa azul marinho) venceu por 3 a 1 e outro que terminou empatado em 1 a 1.

Por volta de 1945,  os times de Copacabana, alguns com nome de ruas ou de  edificios, o Lá Vai Bola do Marechal e Bolinha, o  Dínamo do Tião, o Maravilha do Jaime “Pafúncio”, o Ouro Prêto, o Leme PC. (o qual joguei no juvenil em 1948, na lateral direita embora fosse canhoto), entre outros que fundaram a LEC (Liga Esportiva de Copacabana) para realizar campeonatos naquela praia. Pouco mais tarde, foi fundada a Liga do Leblon (e Ipanema), com times com Grêmio Leblon, Lagoa, Torino, Tatuís etc  Mais tarde em 1956, foi fundada a LEU (Liga Esportiva da Urca) que durou até 1959.

 Também em Icaraí, onde se jogava a muito tempo, foi fundada a LAFA, se não me engano na década de 50. mais tarde surgiram as ligas das praia do  Flamengo e de Botafogo, depois extintas. Em 1957, pelo êxito que os jogos de praia apresentavam, o Jornal dos Sports, organizou o Torneio Inter Praias, promovido pela Coca-Cola, convidando clubes das três ligas mais importantes na época, Copacabana, Leblon e Urca, os doze times que foram  convidados : Lagoa, Grêmio, Tatuís, Milionários e Iapetec (Leblon), Ouro Preto, Radar, Pracinha,Dínamo e Copaleme (Copacabana) e Cobras e Guaíba  (Urca). O campeão foi o Lagoa, do Théo, com 16 pontos, três vices: Grêmio, Cobras e Radar( 15 pts). Foi a primeira vez que dirigi um time na praia, o Guaíba (6 ). O time campeão foi : Miguel; Carlinhos, Nando, Vitoriano e Hans; Serginho e Eduardo; Rogério, Paulo Portela, Huguinho e Décio (Maurício). Acreano do Guaíba foi o artilheiro com 13 gols. Os campeões de Ligas foram : Copaleme (Copacabana), Grêmio (Leblon) e Guaíba (Urca)

Na edição de 1958, os particpantes foram: Lagoa, Tatuis, Grêmio e Milioná- rios (Leblon), Pracinha, Radar, Arsenal, Copaleme e Ouro Preto (Copacaba-na), Guaíba, Estudantes e Gatos (Urca). O Pracinha, com 19 pontos, apenas uma derrota ( perdeu no posto 5, para o Guaíba 0x1 go de Acreano). Dois vices  Grêmio e Radar, com 14 pontos. 4o Milionários e 5o Guaíba. Vitor do Copaleme foi o artilheiro com 15 gols. o time campeão: Castilho (Bonéco); Eurico, Santoro, Brandão e Béto; Danilo e Ivan: Paulo Portugal, Huguinho, Nelito e Fernando.  Os campeões de Liga foram os mesmos de 57.

Em 1959, o Inter Praias, com o mesmo modelo dos anos anteriores, fez com que as ligas se reunissem para fundar a Federação Carioca, que contarei no próximo artigo. Com forte equipe o campeão invicto foi o Radar, com 21 pontos, teve apenas um empate (1×1 com o Guaíba). o Tatuís foi vice, 17 pts e Guaíba, terceiro com 16. Eis a formação campeã: Toninho; Espanhol. Euri-co Lyra, Rigoni e João Maravilha: Salvador e Genê; Jarbas, Rafael Magalhães Eurico Louro e Marquinhos. Os artilheiros foram Horácio (Guaíba) e Rogério(Lagoa) 16 gols. Houve ainda o Torneio da Marinha no Leblon, vencido pelo Radar, vencendo o Guaíba, após 1×1, nos pênaltes. No Torneio Inter-Ligas, disputado por seleções, os resultados foram : Urca 1×0 Copacabana (Urca), Copacabana 1×1 Leblon (Lido) e Leblon 1×1 Urca (Leblon) o time da Urca, campeão formou com Zéca; Ronald (Lima), Mauro, Rodrigo Tovar e Walter; Rony e Paulo Tovar; Raul Celso (Amauri), Horácio, Perácio e Acreano.

Ficamos por aqui, daremos continuidade a essa história do futebol de praia, que tenho certeza trará muito boas memórias aos antigos pr

junho 17, 2009 at 1:30 am 4 comentários

O porque deste blog

Graças a Deus, tive em minha vida uma larga experiência no esporte e de vida, porisso acredito que neste blog, possa contar fatos, situações, vitorias, derrotas e meu modo de pensar sobre a vida. Vivi desde pequeno no esporte acompanhando meu pai e mais tarde praticando, treinando, escrevendo e comentando.

Isso tudo em vários esportes, com futebol de praia, jiu-jitsu, handebol, voleibol e atletismo, estes também como praticante, além de outros como professor de eduacação física. Qualquer comentário, relato ou opinião não tem o objetivo de ser o dono da verdade.

Na verdade, quero passar minhas experiências boas e más, contando minha trajetória, meus ideais esportivos e de vida e também minha opinião sobre os acontecimentos atuais, principalmente os esportivos, sociais, politicos e espirituais, repetindo sempre sem querer ser o dono da verdade, aceitando criticas que porventura venha receber.

Leoni

maio 24, 2009 at 12:55 am 1 comentário

Hello world!

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!

maio 4, 2009 at 2:27 pm Deixe um comentário

Posts mais recentes


Categorias

  • Blogs Úteis

  • Feeds