Os campeonatos brasileiros

janeiro 6, 2010 at 12:07 am 3 comentários

Os Campeonatos Brasileiros

No final do ano de 1964, eu e Theodoro Sodré Filho, o Téo do Lagoa, solicitamos ao Presidente da FCEP Luís Desiderati a permissão para realizar no início do ano seguinte, o I Campeonato Brasileiro de Futebol de Praia, embora incrédulo ele concordou, afirmando que não dispunha de verba para tanto. Então eu e Théo, saímos em campo para buscar apoio, tivemos reunião com  o Presidente do CND (Conselho Nacional de Desportos) que se prontificou a oferecer medalhas para os atletas e comemorativas da competição para todos os participantes e alojamento na EEFEx para os participantes que viriam do Rio Grande do Sul (com o apoio do Correio do Povo, que promovia o campeonato das praias gaúchas e de São Paulo (que acabou por não vir) sendo que do vizinho Estado do Rio, não seria necessário alojamento.

 Aos poucos fomos conseguindo apoio, menos da FCEP, treinamos nas praias do Leblon, Urca e Copacabana, onde seriam realizadas as partidas, aos sábados e físico no meio da semana na sede do Botafogo, no Mourisco. Esse treinamento durou dois meses e foi comandado pela Comissão Técnica formada por Leoni Nascimento, do Guaíba, (técnico e chefe da Comissão), Marechal do Lá Vai Bola e Paulistinha (Real Constant), desculpe por não lembrar seus nomes, quem lembrar mande seus nomes, que publicarei. Como Preparador Físico o Professor Francalacci, que depois ficou conhecido por seu trabalho com o Zico no Flamengo, o massagista “Diabo” que não recordo o nome e Zezinho, roupeiro do Botafogo.

Com a ausência de São Paulo e Espírito Santo, também convidado, os dirigentes da FCEP (Federação Carioca de Esportes de Praia), LAFA (Liga Amadora de Futebol de Areia, de Niterói) e recém fundada pelo jornalista Jair Cunha Filho a FGFP (Federação Gaúcha de Futebol de Praia) se reuniram para tomar conhecimento da tabela e do Regulamento, aprovado por todos. Como a LAFA não indicou árbitros e a FGFP, trouxe Hiran Garibaldi, o quadro foi completado por Reinaldo Serra, Sílvio Cabetti, Rubens Carvalho, Zanoni Araújo  e o jovem Arnaldo César Coelho que anos mais tarde se tornaria famoso, apitando uma final de Copa do Mundo.

A abertura do I Campeonato Brasileiro de Futebol de Praia foi no sábado no campo do Colúmbia no final do Leblon, com desfile e diante de público de mais duas mil pessoas, pois havia e ainda há, uma arquibancada natural para acesso. Hoje não tem largura suficiente para se jogar naquela praia. Guanabara e Estado do Rio se enfrentaram, com vitória dos locais (time A), por 2 a 0, gols de Tuca e César) no dia seguinte, no mesmo local a Guanabara com equipe diferente venceu o time gaúcho por 4 a 0, gols de Ivan (2), Santoro e Jorginho (todos do Lá Vai Bola).

Os jogos do meio de semana, por ser o único com iluminação (da extinta TV Tupi), aconteceram na Urca. Na terça-feira, o Estado do Rio, venceu o Rio Grande do Sul, por 1 a 0, gol de Walter.

No jogo de quinta-feira, o técnico dos gaúchos Chicão, que estavam hospedados na Urca (EEFEx)

Ele solicitou a algumas pessoas de molhar bem o campo, para que a areia endurecesse e ficasse como as das praias sulinas. Todavia o efeito foi contrário, pois o campo ficou mais fofo ainda, do que se aproveitou a Guanabara, jogando com o time A , para aplicar a maior goleada do Campeonato 8 a 0!, gols de Tuca (4), César (2), Gugu e Lula.

No sábado seguinte, no Leme (Copaleme), o Estado do Rio, credenciou-se como finalista ao bater o time gaúcho por 4 a 1. gols Parodi (2) Toninho e Milton, para os gaúchos marcou Bodinho. No dia seguinte, no mesmo local, se enfrentaram Guanabara (jogando pelo empate) e Estado do Rio, perante grande público. Após jogo difícil, os donos da casa venceram por 2 a 1, gols de Diniz e Gugu, contra um de Parodi (pênalti). Após a final houve nova reunião, na qual foi aceita a indicação do Rio Grande do Sul para sediar no próximo ano o II Campeonato Brasileiro.

Foram seis jogos, cada árbitro apitou uma partida, lembro apenas que Sílvio Cabeti apitou o jogo inaugural e que Hiran Garibaldi trabalhou na final.  

O artilheiro foi o atacante Tuca, da Guanabara) com 5 gols, seguido de César e Parodi (3)o goleiro menos vazado foi Jerson (Guanabara).

As equipes jogaram com:

Guanabara – goleiros: Jerson (Copaleme) e Lelé (Dínamo); Potoca ( Lá Vai Bola), Canela (Radar), Kolinos (Lagoa), Mauro (Guaíba), Tonico (Lá Vai Bola), Cicarino (Dínamo), Rubinho (L.V.Bola) e

Rueda (Dínamo); Avelino (Dínamo), Santoro (L.V.Bola), Geraldo (Real Constant)e Carlinhos (Lagoa); Gugu (Lagoa), Canário (Real Constant), Tuca (Real Constant), Jorginho (L.V.Bola), Lula (Lagoa), Ivan (L.V.Bola), César (L.V.Bola) e Diniz (Copaleme)

Estado do Rio – Macaíba; Oswaldo, Vanderlino, Pedrinho (Badger)  e Beto; Sérgio (Pardal) e Walter; Parodi, Milton (Toninho), Palito (Hélio e Cantagalo) e Lacerda.

Rio Grande do Sul – Marrapodi; Daltro (Zequinha), Carrad, Orlando (Bereba) e Mauro; Pato e Caturra; Tonico, Bodinho, Bumbel e Boca (Cabinho). J.Pedro, Ponso, Divino e Carlos, não jogaram. Chicão Correia Lima  o treinador e Ângelo Vecchio o dirigente.

Anúncios

Entry filed under: Futebol de Praia.

futebol de praia 4 Futebol de praia

3 Comentários Add your own

  • 1. fred palmeira  |  fevereiro 20, 2010 às 9:58 am

    oi leoni,
    espero que voce se lembre de mim, da PUC. Muito legal estes textos sobre futebol de praia. Eu estava querendo por alguma coisa na wikipedia na introdução do verbete “futebol de praia” que dá a impressão que hão havia nada antes do beach soccer. Agora acho que vale a penatambém fazer um verbete novo com tudo isso que voce conta. Há informações também no livro do arnaldo cezar coelho, e no site do Luiz Darcy. isso poderisa ser um projteto de iniciação científica de algum aluno de jornalismo ou de história.

    Resposta
  • 2. fred palmeira  |  fevereiro 20, 2010 às 10:01 am

    oi leoni,
    espero que voce se lembre de mim, da PUC. Muito legal estes textos sobre futebol de praia. Eu estava querendo por alguma coisa na wikipedia na introdução do verbete “futebol de praia” que dá a impressão que hão havia nada antes do beach soccer. Agora acho que vale a pena também fazer um verbete novo com tudo isso que voce conta. Há informações também no livro do arnaldo cezar coelho, e no site do Luiz Darcy. isso poderia ser um projeto de iniciação científica de algum aluno de jornalismo ou de história.

    Resposta
    • 3. leoninascimento  |  julho 15, 2010 às 10:32 pm

      Fred, seria ótimo alguem escrever sobre o futebol de praia, se puder ajudar… Leoni

      ________________________________

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agenda

janeiro 2010
S T Q Q S S D
« ago   jul »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Most Recent Posts


%d blogueiros gostam disto: